Procrastinadores unidos!!!!

Aos meus companheiros de enrolação!

Procrastinators unite

 

Vamos lá, todo mundo enrola um pouco pra fazer alguma coisa que não está muito a fim de fazer, quem disser que faz tudo o que tem que fazer na hora está mentindo com certeza. Muitas vezes nem dá pra fazer mesmo, são tantas tarefas e coisas que também aparecem em cima da hora que fica impossível resolver tudo.

 

Mas procrastinar é outra coisa 😀

 

É ficar enrolando pra fazer uma tarefa, seja ela qual for e principalmente quando ela não é urgente e possa ficar pra depois, se for pra amanhã melhor ainda.

Eu tenho esse defeito, confesso aqui e confesso também que detesto ser assim e faço um esforço enorme pra mudar, estabeleço metas e sistemas pra mim mesma pra evitar cair na minha armadilha interior de enrolação mas vira e mexe eu mesma me atrapalho e quando vejo deixei tópicos e mais tópicos para serem resolvidos depois.

Aviso e lembrete de focar e voltar ao trabalho

Tanto eu não gosto que tenho essa arte (infelizmente de autor desconhecido) na minha mesa, para me lembrar que foco é tudo.

Acho isso muito chato, me cobro pra caramba mas sou assim, e no fim eu faço e cumpro tudo o que preciso mas as vezes me arrastaaando, rsrsrs.

Quando revejo o que eu joguei pra frente as vezes alguma coisa escapa mas aí eu descubro que ela não era tão urgente assim e no fim nem era importante porque passou em branco sem ser resolvido. Acontece sim.

Tá, isso tudo pra contar que um segredinho meu virou registro num álbum que fiz sobre mim.

Resolvi contar pra mim mesma coisas que ficam no pensamento e como sou adepta do registro incondicional eu resolvi documentar coisas que considero legais em mim e mais ainda as que acho que não. Segura firme na sua mão e coragem Selma! 😉

Fazer scrap é tão mas tão legal que a gente quer registrar até o que nunca imaginou que um dia externaria, porque desde quando uma mania/defeito seria assunto de página? É e acredito que deva ser mesmo, porque criando e escrevendo sobre um assunto qualquer você pensa sobre isso, descobre coisas sobre isso e tem tempo para pensar e refletir sobre suas ações e decisões.

Como eu gosto muito de dizer, scrap não é só sobre fotos, papéis e materiais lindos, ele é muito mais do que tudo isso, porque me fala se na correria do dia-a-dia a gente para pra pensar sobre coisas que a gente não gosta na gente? Pode até pensar mas bateu um vento é o primeiro pensamento que a gente quer esquecer e segue a vida, por isso fazendo uma página sobre o que eu considero um defeito chato pra caramba em mim me deu a oportunidade de pensar sobre ele e como eu acho que posso melhorar isso em mim.

Scrapbook é terapia sim, uma terapia que sempre resulta em páginas e criações incríveis que nos mostram por inteiro de coração aberto, seja só na alegria, nas tristezas e nos defeitos, por isso procure registrar sua vida sempre que puder. Se não for fazendo scrap, escreva pra você mesma e reflita sobre o que quer prestar mais atenção pra sua vida, aposto que você vai gostar do resultado.

Recomendo demais!

E procrastinadores do mundo, tamos aí, unidos e enrolando, um dia a gente coloca todos os assuntos em dia!

😀

 

Bjs

Sel



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *